A ânsia de sapatos.


Enquanto andava sobre o asfalto quente e sentia na sola dos pés as bolhas começarem a se formar. Enquanto a dor devorava os passos e a ânsia de sapatos embalava os pensamentos sonolentos. Era meio dia no relógio da igreja e Deus nada tinha a ver com os chinelos esquecidos na casa dela. Ainda menos podia ser envolvido, esse Deus que dá as horas no relógio da igreja da praça central, com a manhã acordada em supetão com o relógio, que carregamos todos n’alma, e que avisava ensurdecedoramente que já era tarde.
Os cristãos acreditam que a dor pode ser sublimada quando em virtude de um objetivo maior. As bolhas pareciam um pequeno preço a se pagar para que chegasse em tempo. (Mentalmente anotava que deveria guardar seus sapatos no armário quando chegasse em casa, mais antiga que a memória de se calçar era a memória de perder os sapatos.)
As ruas desenhavam-se em linhas interligadas todas no mesmo objetivo: o de chegar. O cheiro de café fresco lembrou-lhe do estômago vazio que murmurava a música da fome. ‘Sem tempo para alimentar o corpo, o corpo, o corpo.’ O centro ficava para trás e os pés atingiam o momento em que a dor transmuta-se em só mais um pequeno obstáculo no caminho para lá.
‘Todos andando tão calmos. Não sabem, eles certamente não sabem. Morrendo de tempo enquanto a vida clama pela pressa de começar. Eles não entendem, certamente não entendem. Ainda não foram avisados que esperar não é viver – e que correr para o mundo é só outra maneira de correr de si.’
Certo em sua ânsia de chegar andou por três infinitos de dias em que o sol e a lua, pouco a pouco, foram também ficando para trás. Do que era levou apenas a pressa. E o que encontrou foi o inferno de saber-se por inteiro.

Anúncios

2 comentários sobre “A ânsia de sapatos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s